06.10.2006

Cap. 17_ Thadeuzinho fez 5 anos!


Thadeuzinho fez 5 anos. Fizemos uma festinha pra ele aqui em casa. “Festinha?” os austríacos arregalaram os olhos. “15 crianças e você chama isto de festinha?” Ué, gente, fato é que não sabemos fazer esta coisa chata de austríaco que convida o numero de crianças conforme a idade: faz 5 anos, convida 5 amigos! No Brasil, em janeiro deste ano, só pra debochar desta regra fiz questão de fazer uma festança pra Thuthuzinho. Chamamos 50 pessoas, contratamos animação, encomendamos tudo pronto salgadinho, torta. Alugamos o playground do prédio de mamãe (meu Deus, por que na Europa não existe isto?) Tia Mirinha quis comemorar junto por que faz anos no mesmo dia. Enfeitinhos, Babá pra tomar conta do Thuthu, Música altíssima, só não foi Niterói inteiro por que caiu o maior toró de encher rua e nadar carros! Tivemos até tempo para filmar a festa, tomar cervejinha com os amigos que ao contrário daqui, nunca posso convidar por que tem pouco espaço e eu depois de três horas trabalhando como garçonete, animadora infantil, babá, anfitriã e empregada ao mesmo tempo, eu tô é morta de cansada! Além do mais desta vez só demos sugestões para a lista de convidados, Thadeu quis pessoalmente escolher quem viria.

Pedí para Maridão pintar um convite, artista é pra essas coisas, achei tão lindinho que encomendei também cartõezinhos para os saquinhos surpresas e ampliei na Copyshop vários cartazes com o motivo em A3 e espalhei pela casa, colei na porta de entrada...Há tanto tempo desempregada, entrei numa de levar a “Corporate Identity”(CI) da festa á sério. Já me imaginei na próxima entrevista para um novo emprego:
-“E qual foi o seu último trabalho, senhora Prathos?”
-“Eu fiz toda a CI para Thadeu Compania Ilimitada”
-”E que tipo de compania é esta?”
-“Ah, é uma compania que trabalha no eixo Rio-Viena...”
-“Sei, sei, importação, exportação...mas que tipo de mercadoria, que área ele atua?”
-“Diversas áreas, ás vezes como tradutor, ás vezes como intérprete de músicas ou atua muito bem na área de teatro imitando as pessoas, Também como construtor, faz esculturas lindissimas e simétricas, verdadeiras obras de arte arquitetônicas. È um empresário muito ativo, muito esperto e inteligente mas também muito levado, teimoso...”
-“Como assim?”
-“Eu queria dizer muito selbstbestimmt, sabe exatamente o que quer e por isso para mim é um grande desafio trabalhar com ele!”
É tudo pura verdade! Acho que eu ganharia na certa o emprego, hehehe
Mas como eu ia dizendo, a festinha (?) foi aquela loucura! O Buffet modestia á parte estava ótimo. Apesar das receitas de Dona Zilda via Embratel não serem assim tão confiáveis:
-“Ai você vai botando farinha...”.
-“Peraí mãe, tô escrevendo, quanto de farinha?”
-“Ah, você vai botando, vai vendo, vai sentindo...”.
-“Sentindo tipo o quê? 1 quilo?”.
-“Não ! Tá louca? Bota assim tipo meia xícara...”.
-“Xicara de café expresso, de café com leite ou de chá?”.
-“Ô, garota, deixa de frescura! Aqui em casa só tem um tamanho de xícara, aquela que eu tomo o meu café e é a mesma a 50 anos, lembrou? Posso continuar?...”
E por aí fomos até ela me dar todo o mapa da mina. Até que me saí bem, Torta de galinha e Bolo salgado, Uma torta de goiabada que ficou divina (Receita: Revista Cláudia, também a mesma há 50 anos!), para as crianças: cachorro quente com molho. As crianças austríacas torceram a cara! gostam de comer salsicha seca com pão! Ué, mas o aniversariante é metade brasileiro então não pode faltar certas coisas. Quem sabe no próximo ano eles já se acostumaram... Sogrinha também colaborou com a torta e profiteroles, E a única convidada brasileira trouxe brigadeiro (isto também não podia faltar) e este sim as crianças adoraram!
Ficamos eu e o pai super preocupados em como ocupar durante 3 horas 13 criancas (2 faltaram, g.a.d.!). Fizemos várias brincadeiras com música, com venda nos olhos e uma certa hora, Thadeu chega pra gente e fala: “Valeu, mama e papa, agora vocês deixam EU brincar com os meus convidados. Atenção, galera (tirou toda a roupa!): todo mundo correndo atrás de mim!” Vrum, vrum, a pirralhada adorou! Ainda bem que tem espaço aqui. As Mães pasmas com a confusão. “Agora vamos todo mundo pular na cama da mama!” A galerinha delirando! “Pula, pula, pula, pessoal, agora atenção: todo mundo deita na cama e agora um agarra o outro e beija! E agora...” As crianças entraram na onde dele e estavam se empolgando. “Pára com isso, meu filho!” “Ué, você sempre faz isso com o papa....” Senti minhas bochechas arderem: "Hahe, he...ham, pessoal, vamos pra sala cantar parabéns?"
P.S1:. Não sei por que as cores do convite nao sairam legais na tela. O original é bem mais bonito!
P.S.2: g.a.d = Graças a Deus